Susep quer segmentar seguradoras para fiscalizar

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) colocou em consulta pública, nesta quarta-feira (11/12), a minuta de Resolução CNSP que trata da segmentação das entidades supervisionadas por porte e perfil de risco. Para fins de aplicação da regulação de solvência (prudencial), a autarquia está propondo a classificação das supervisionadas em quatro segmentos distintos (S1, S2, S3 e S4), considerando, entre outros requisitos, o volume de prêmios movimentado e as provisões técnicas.

De acordo com o diretor da Susep Vinicius Brandi, essa é uma forma de assegurar as condições de solvência do mercado sem impor custos de observância desproporcionais às entidades de menor porte e complexidade. “A proposta é mais um esforço de revisão normativa da Susep para promover a concorrência, ampliar a oferta de produtos e aumentar a eficiência do mercado”, explica. A consulta pública estará disponível até o dia 10 de janeiro de 2020. Confira o editar clicando aqui