Bradesco enxuga vice-presidências

O Bradesco comunicou na última segunda-feira (14) uma restruturação em sua cúpula administrativa, com a redução de seis para quatro vice-presidências. Esse núcleo, que responde ao presidente Octavio de Lazari Junior, é composto por Marcelo Noronha (atacado), Cassiano Scarpelli (alta renda), Eurico Fabri (varejo) e André Cano (tecnologia, infraestrutura, recursos humanos, jurídico, relações com o mercado e compliance).

Nos demais escalões, uma das mudanças mais comentadas no mercado foi a ascensão de Bruno Boetger, que atuava na área comercial com foco empresarial e foi promovido para diretor-executivo gerente responsável pelas operações de corporate e Bradesco BBI. Boetger assume o posto que era ocupado por Renato Ejnisman, diretor-executivo gerente e que passa agora a responder pela Bradesco Asset Management (Bram), private banking e áreas de câmbio e internacional.

Leandro Miranda, que respondia pela área de banco de investimentos torna-se diretor-executivo responsável pelas corretoras e área de relações com o mercado, enquanto Henrique Lima, que cuidava da área de fusões e aquisições, torna-se o diretor responsável pelas áreas anteriormente sob a responsabilidade de Miranda.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso