Número de gestoras na indústria de fundos volta a crescer após três anos de queda

A indústria brasileira de fundos de investimentos registrou crescimento na quantidade de gestoras em 2018 na comparação com o ano passado, passando de 695 para 710 casas, segundo dados compilados e divulgados nesta quarta-feira, 7 de novembro, pela Economatica. Durante sete anos consecutivos, de 2007 até 2014, a indústria registrou apenas crescimento na quantidade de gestores. De 2014 até 2017, no entanto, os dados da Economatica mostram quedas anuais na quantidade de gestores, com 2018 revertendo essa tendência.

A Economatica destacou também no relatório a evolução do patrimônio da indústria de fundos de 2007 até outubro de 2018, tendo saltado de R$ 1,19 trilhão para R$ 4,2 trilhões, incremento de 258%. No período analisado a indústria teve aumento do patrimônio em todos os anos, exceto em 2008, quando houve uma queda de 6,7%. No ano de 2018 até o final do mês de outubro a indústria registra crescimento de 9,41%.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso