JGP será gestora do FIDC de debêntures de infraestrutura de R$ 500 milhões do BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta sexta-feira, 16 de novembro, a seleção da JGP Asset Management como gestora do novo Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), que terá como objetivo investir em debêntures incentivadas de projetos de infraestrutura. O patrimônio do fundo será de aproximadamente R$ 500 milhões.

O processo seletivo, através de chamada pública, contou com a participação de oito instituições. A melhor colocada da Chamada Pública foi a JGP Asset Management, selecionada por apresentar melhor combinação de nota técnica e nota comercial. As gestoras Votorantim Asset Management e Itaú Asset Management, respectivamente segunda e terceira colocadas no certame, formam o cadastro de reservas.

O FDIC parte de um portfólio pré-existente, com ativos de boa qualidade de crédito, que atualmente compõem a carteira de debêntures de projeto do BNDES. De acordo com o banco de fomento, esse diferencial contribui para a mitigação do risco de originação de ativos e de desenquadramento na Lei 12.431/2011, que proporciona benefício tributário para os cotistas do fundo.

“Com essa iniciativa, além de criar mais uma fonte de financiamento a projetos de infraestrutura, o BNDES espera aumentar a base de investidores e incrementar a liquidez de títulos de infraestrutura, bem como securitizar parte de sua carteira, alienando ativos nos quais entende que já cumpriu sua missão institucional”, diz o comunicado da instituição financeira, que ressalta que o BNDES não será cotista do FIDC.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso