Monitor do PIB-FGV registra alta de 2,3%, em fevereiro, na comparação anual

O Monitor do PIB-FGV, divulgado hoje pela fundação, aponta crescimento de 2,3% na atividade econômica, em fevereiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Na série com ajuste sazonal, por outro lado, houve retração de 0,4% em comparação a janeiro.
“O recuo de 0,4% do PIB em fevereiro é consequência de retrações nas três grandes atividades econômicas (agropecuária, indústria e serviços). Apesar disso, os resultados interanuais mostram melhora substancial da economia, tanto pelo lado da oferta quanto pelo lado da demanda. Essas variações opostas retratam o cenário econômico vivido atualmente no país: a economia ainda evolui positivamente com relação ao ano de 2018, porém não consegue reagir em 2019 dada a grande incerteza com relação ao cenário político e as reformas necessárias para que a economia deslanche", explica nota da FGV.
O recuo registrado na atividade agropecuária foi de 0,2%, na extrativa mineral de 8,8%, no consumo do governo, de 0,6% e, nas importações, de 10%. A elevada variação negativa registrada na atividade extrativa mineral é resultado do desastre de Brumadinho, ocorrido em janeiro, informa a FGV. No caso da importação, a forte queda deveu-se, principalmente, ao “efeito base” da importação de plataformas em fevereiro de 2018.
O Monitor do PIB-FGV estima mensalmente o PIB brasileiro em volume e em valor. O objetivo de sua criação foi prover a sociedade de um indicador mensal do PIB, tendo como base a mesma metodologia das Contas Nacionais do IBGE. Sua série inicia-se em 2000 e incorpora todas as informações disponíveis das Contas Nacionais (Tabelas de Recursos e Usos, até 2016, último ano de divulgação) bem como as informações das Contas Nacionais Trimestrais, até o último trimestre divulgado (quarto trimestre de 2018).


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso