Mainnav

Ibovespa perde 0,19% e dólar fecha em alta

O Ibovespa, principal índice da B3, fechou no negativo pelo quinto dia consecutivo nesta terça-feira (4/6), perdendo 0,19% e encerrando o pregão aos 121.802,06 pontos. Contribuíram para o mau desempenho da bolsa brasileira a correção nos preços do minério de ferro na China, que caiu 2,11%, assim como a queda de cerca de 1% nos preços internacionais do petróleo tipo Brent e WTI.
A√ß√Ķes de empresas do setor de min√©rio de ferro, como Vale, CSN e Gerdau, fecharam em baixa de -1,02%, -1,50% e -1,14%, respectivamente. J√° as a√ß√Ķes da Petrobras (ON e PN) registraram quedas de -0,57% e -1,11%, nessa ordem.
Já o dólar subiu 0,98%, fechando a R$ 5,2850. A alta foi impulsionada pela queda nos preços das commodities, especialmente petróleo e minério de ferro, como dissemos acima. A desvalorização do real frente à moeda norte-americana não foi uma exceção entre os países emergentes. Ao contrário, praticamente todos eles tiveram suas moedas desvalorizadas.